Lígia Guerra

Lígia Guerra
Por que carrego doçura na alma e asas nos pés?
Porque sinto a vida além do óbvio.
Porque enxergo sol em dias de chuva.
Porque amo até mesmo o desamor.
Porque acolho cada gesto com os braços do coração.
Porque perfumo o caminho das estrelas.
Porque componho alegria na poesia da tristeza.
Porque desejo colorir a vida com olhos de fé!

- Lígia Guerra -

sábado, 3 de setembro de 2011

Pela metade...

Eu nunca soube ser pela metade.
Sentir mais ou menos.
Choro intensamente.
Gargalho visceralmente.
Amo profundamente.
Pulsa em mim a necessidade da entrega.
O meu coração não verte, ele jorra sentimentos.
Prefiro correr entre os labirintos do destino...
E apostar em novas possibilidades...
A fingir que existo por inteiro.

- Lígia Guerra -

Um comentário:

Quem Casa quer Casa disse...

E eu queria poder expor meu sentimentos, sem ter medo de ser julgada...
(desabafo)

bjs bom domingo...