Lígia Guerra

Lígia Guerra
Por que carrego doçura na alma e asas nos pés?
Porque sinto a vida além do óbvio.
Porque enxergo sol em dias de chuva.
Porque amo até mesmo o desamor.
Porque acolho cada gesto com os braços do coração.
Porque perfumo o caminho das estrelas.
Porque componho alegria na poesia da tristeza.
Porque desejo colorir a vida com olhos de fé!

- Lígia Guerra -

sexta-feira, 30 de setembro de 2011

Insanidade...

Que Deus me proteja de mim mesma...
Da minha mania de amor...
Da minha teimosia em tecer sonhos românticos...
Da minha insanidade que acredita em destino.

- Lígia Guerra -

3 comentários:

Quem Casa quer Casa disse...

Li, Tenha um ótimo fim de semana...

Beijoss

placco araujo disse...

Eu acredito em destino...
Foi graças à um blog que conhecí a dona, e por quem me apaixonei, e por causa dela e por ela, criei um blog, e por influencia dos textos que ela replicava, conhecí você, e mais um monte de figurinhas incríveis...inclusive, dentre as figurinhas que conhecí no blog, uma me indicou uma outra pessoa como genial... E POR ELA ME APAIXONEI DE NOVO...
Será que o destino é insensato, ou o insensato sou eu???

Boa noite, minha menina mais querida...

Edson

Haydee Cerantola disse...

Amém Ligia querida...Que Deus proteja a todos e todas nós poetas, românticos incuráveis irmãos de alma.

Amo seus ecritos..!

Saudações poéticas...!!