Lígia Guerra

Lígia Guerra
Por que carrego doçura na alma e asas nos pés?
Porque sinto a vida além do óbvio.
Porque enxergo sol em dias de chuva.
Porque amo até mesmo o desamor.
Porque acolho cada gesto com os braços do coração.
Porque perfumo o caminho das estrelas.
Porque componho alegria na poesia da tristeza.
Porque desejo colorir a vida com olhos de fé!

- Lígia Guerra -

segunda-feira, 19 de setembro de 2011

Costuro...


Adoço minha boca
Quando sinto os sabores de outros caminhos.
É com a delicadeza das novas perspectivas
Que alinhavo os meus sonhos...
E com a força das minhas virtudes
Que costuro as minhas certezas.

- Lígia Guerra -

2 comentários:

Delano Alexandria disse...

Que blz. de blog...Parabéns!

Estou na sua trilha..rsrs..Seguindo!


Beijosss

Marilia disse...

Gostei muito desta poesia... e de outras tantas que li no seu blog. Parabéns. Beijos