Lígia Guerra

Lígia Guerra
Por que carrego doçura na alma e asas nos pés?
Porque sinto a vida além do óbvio.
Porque enxergo sol em dias de chuva.
Porque amo até mesmo o desamor.
Porque acolho cada gesto com os braços do coração.
Porque perfumo o caminho das estrelas.
Porque componho alegria na poesia da tristeza.
Porque desejo colorir a vida com olhos de fé!

- Lígia Guerra -

quinta-feira, 29 de setembro de 2011

Adeus...


O adeus mais dolorido não é aquele
em que as palavras magoaram.
O adeus mais dolorido é aquele
em que palavras sequer se encontraram.

- Lígia Guerra -

8 comentários:

♥Beautiful Woman♥ disse...

Ahhh!!! amiga a palavra "ADEUS..." é tão triste...e qd.as palavras nao se encontram nos machucam mais ainda...ameiii...bela quinta para vc.bjus doces!!

Magda disse...

Precioso Ligia, tienes un premio en mi blog. Besitos

Alene Mattos disse...

o adeus é sempre dolorido...

Aline ♥♥♥ disse...

Buáááá, meu outro blog pegou virus....
To muito triste.. gostaria que vc entrasse no meu blog novo seguisse e se nao for pedir muito deixasse um comentario.

Eu ja te sigo, eu adoro seu blog.

http://blogmuitofofodaaline.blogspot.com

ps: lindo texto

•Ø£hö§ ðë Gµë¡xå • disse...

Grande verdade Lígia.... Adeus já é tão dolorido e quando as palavras se perdem é mais ainda..
Fico feliz de ver que seu blog está perfeito como sempre!! O meu vou colocar apenas alguns indicacos (o seu estará lá e claro)até resolver o problema desse virus.. bjos !!

Fernando Azevedo disse...

Luz, fé, paz, serenidade.

marcos disse...

Ainda penso em você, mas só quando eu respiro.

Lígia Guerra disse...

Adorei todos os comentários, todos me tocaram de um jeito incomum.

Marcos ou quem quer que você seja... Isso foi simplesmente uma das coisas mais lindas e mais tristes que já li na minha vida, mais ou menos como esse poema... Dolorido!