Lígia Guerra

Lígia Guerra
Por que carrego doçura na alma e asas nos pés?
Porque sinto a vida além do óbvio.
Porque enxergo sol em dias de chuva.
Porque amo até mesmo o desamor.
Porque acolho cada gesto com os braços do coração.
Porque perfumo o caminho das estrelas.
Porque componho alegria na poesia da tristeza.
Porque desejo colorir a vida com olhos de fé!

- Lígia Guerra -

domingo, 7 de agosto de 2011

Que mania é essa?

Que mania é essa de amar visceralmente... De ver beleza onde ninguém vê... De insistir um pouco mais...

Que mania é essa de ficar extasiada diante de uma nova paisagem... De sentir Deus cantarolando alegremente sempre que me vê boquiaberta diante das suas belas criações...

Que mania é essa de pular amarelinha entre os problemas... De descansar nas nuvens e me perfumar com cheiro de céu...

Que mania é essa de me aquecer com o cobertor dos meus sonhos... De correr entre estrelas... E colecionar poesias...

Que mania é essa de ser teimosa... De sorrir entre lágrimas, de abraçar meus desejos com paixão e de descobrir o sol entre as gotas de chuva...

Que mania é essa de ser feliz no quintal de casa... De olhar para o céu enquanto todos olham para o chão... De flertar com o destino... Que mania é essa que eu tenho de viver?

- Lígia Guerra -

Nenhum comentário: