Lígia Guerra

Lígia Guerra
Por que carrego doçura na alma e asas nos pés?
Porque sinto a vida além do óbvio.
Porque enxergo sol em dias de chuva.
Porque amo até mesmo o desamor.
Porque acolho cada gesto com os braços do coração.
Porque perfumo o caminho das estrelas.
Porque componho alegria na poesia da tristeza.
Porque desejo colorir a vida com olhos de fé!

- Lígia Guerra -

quinta-feira, 11 de agosto de 2011

Medida exata...


Escrevo poesias como quem busca a roupa certa...
Aquela que na medida exata vista a minha alma nua.

- Lígia Guerra -

2 comentários:

Anônimo disse...

Cheguei da terra das almas.
Revi, senti, não tem deserto.
Percebi, voltei com as angustias calmas.
Agora estou aqui, cada dia mais perto.

Bjos Av3ssos.

Francisco Elui

Anônimo disse...

Feminino e verdadeiro!