Lígia Guerra

Lígia Guerra
Por que carrego doçura na alma e asas nos pés?
Porque sinto a vida além do óbvio.
Porque enxergo sol em dias de chuva.
Porque amo até mesmo o desamor.
Porque acolho cada gesto com os braços do coração.
Porque perfumo o caminho das estrelas.
Porque componho alegria na poesia da tristeza.
Porque desejo colorir a vida com olhos de fé!

- Lígia Guerra -

quinta-feira, 25 de agosto de 2011

Guerreira...

Caio, mas não desisto.
Vacilo, mas escolho.
Temo, mas enfrento.
Sou humana, mas guerreira.

- Lígia Guerra -

2 comentários:

Quem Casa quer Casa disse...

Li, Seus poemas me ajudam muito...
Sempre to aki lendo, eles me fazer ver a vida de outra forma, de uma forma melhor...
Sempre que me bate uma tristezinha passo aki, que ela passa....

bjs

placco araujo disse...

É Michelle.. esta moça tem este dom..
A partir dos acordes que dedilha, nos leva a cantar odes à alegria de viver...

Bom dia Lígia,.. menina que corre com os lobos...