Lígia Guerra

Lígia Guerra
Por que carrego doçura na alma e asas nos pés?
Porque sinto a vida além do óbvio.
Porque enxergo sol em dias de chuva.
Porque amo até mesmo o desamor.
Porque acolho cada gesto com os braços do coração.
Porque perfumo o caminho das estrelas.
Porque componho alegria na poesia da tristeza.
Porque desejo colorir a vida com olhos de fé!

- Lígia Guerra -

segunda-feira, 15 de agosto de 2011

Economizada...


A vida não pode ser economizada para amanhã. 
Acontece sempre no presente.

- Rubem Alves -

2 comentários:

Rita disse...

Eu amo tudo o que foi, tudo o que já não é
A dor que já não me dói, a antiga e errônea fé
O ontem que a dor deixou, o que deixou alegria só porque foi e voou
e hoje é já outro dia.
Fernando Pessoa
Ligia viver é presenciar...

Francisco Elui disse...

O futuro é agora! Estou aqui.
Passeando e sorindo pelo que ví.
Nossos melhores dias estamos passando.
Fazemos acontecer, para todos ver, ensinando.
Nos palcos da vida, para nós merecida. vamos apresentando.
Enquanto tu não me segurar, continuo a andar, sempre te esperando.

Bjs. av3ssos.

Francisco Eluí