Lígia Guerra

Lígia Guerra
Por que carrego doçura na alma e asas nos pés?
Porque sinto a vida além do óbvio.
Porque enxergo sol em dias de chuva.
Porque amo até mesmo o desamor.
Porque acolho cada gesto com os braços do coração.
Porque perfumo o caminho das estrelas.
Porque componho alegria na poesia da tristeza.
Porque desejo colorir a vida com olhos de fé!

- Lígia Guerra -

quarta-feira, 31 de agosto de 2011

Coragem...

O correr da vida embrulha tudo.
A vida é assim: esquenta e esfria,
aperta e daí afrouxa,
sossega e depois desinquieta.
O que ela quer da gente é coragem.

- João Guimarães Rosa -

Um comentário:

CANTO GERAL DO BRASIL (e outros cantos) disse...

Lígia linda do sul,
João é pura delícia; fruir de um rio de mil margens, as margens daqui...

Abraço de admiração a ambos,
Pedro Ramúcio.