Lígia Guerra

Lígia Guerra
Por que carrego doçura na alma e asas nos pés?
Porque sinto a vida além do óbvio.
Porque enxergo sol em dias de chuva.
Porque amo até mesmo o desamor.
Porque acolho cada gesto com os braços do coração.
Porque perfumo o caminho das estrelas.
Porque componho alegria na poesia da tristeza.
Porque desejo colorir a vida com olhos de fé!

- Lígia Guerra -

terça-feira, 23 de agosto de 2011

Ao seu lado é o meu lugar...


Hoje acordei faceira, feliz e vibrante...
Banho demorado, cantoria no chuveiro...
Cobri minha nudez com um vestido florido...
Passei o meu perfume preferido.

Prendi os meus cabelos em total desalinho...
Brincos de argola, meias de seda, lábios rosa...
Beijei amorosamente o dia que chegava...
Sorriso no rosto, coração em burburinho...

A felicidade me viu passando e pediu carona
Perguntei onde ela queria desembarcar...
Ouvi como resposta:
Em nenhum lugar, ao seu lado é o meu lugar!


- Lígia Guerra -

Um comentário:

placco araujo disse...

Eu fico estupefato como você consegue escrever tanta coisa, e com tal propriedade, que só alguém que vive e pensa assim pode faze-lo.

E é nestas horas que passo a admirá-la mais e mais...

Adorei, este seu texto... tem realmente clima de quem coloca um vestido florido..

Espero que faça sol no seu dia...

Beijos, menina linda..