Lígia Guerra

Lígia Guerra
Por que carrego doçura na alma e asas nos pés?
Porque sinto a vida além do óbvio.
Porque enxergo sol em dias de chuva.
Porque amo até mesmo o desamor.
Porque acolho cada gesto com os braços do coração.
Porque perfumo o caminho das estrelas.
Porque componho alegria na poesia da tristeza.
Porque desejo colorir a vida com olhos de fé!

- Lígia Guerra -

quarta-feira, 22 de junho de 2011

Destino...


Creio que quase sempre é preciso
um golpe de loucura
para se construir um destino.

- Marguerite Yourcenar -

3 comentários:

Rita disse...

Loucuras...maiores ou menores trazem ondas que revolvem sentimentos, agitam as emoções adormecidas.Vivo meu momento de loucura, estou as avessas e, ainda assim me reconheço melhor. Sou eu quem tem as rédias do meu destino e quem controla as paixões.

Francisco Elui disse...

Como descrever loucura? Um dia você aprende.
Talvez a maior loucura chega amanhã.
No encontro, não programado. O golpe maior ainda é a indiferença.
Essa leva a caminhos inesperados.
Ela aniquila, suga, destrói.
Essa loucura dói, dói mais que qualquer dor.
O Antídoto, é o amor.

Rita disse...

Loucura é impulso, nos tira da estagnação.É preciso amar sem medo, sem rede...no amor.É a liberdade.