Lígia Guerra

Lígia Guerra
Por que carrego doçura na alma e asas nos pés?
Porque sinto a vida além do óbvio.
Porque enxergo sol em dias de chuva.
Porque amo até mesmo o desamor.
Porque acolho cada gesto com os braços do coração.
Porque perfumo o caminho das estrelas.
Porque componho alegria na poesia da tristeza.
Porque desejo colorir a vida com olhos de fé!

- Lígia Guerra -

quinta-feira, 23 de junho de 2011

Chave...

As pessoas podem desejar me trancafiar 
com mil cadeados...
Mas eu tenho a chave!
Quem pensa por si mesmo tem força interior e
Jamais será subjugado pelas vontades alheias.

- Lígia Guerra -

2 comentários:

Francisco Elui disse...

Essa chave é codificada.
dígitos criptografados. Ninguém libera. Seu local é a mente.
A senha: um olhar frente a frente, seus olhos, comfessam.
Ligia! O que preciso fazer? Pra ganhar uma cópia.
Parabéns menina avessa. Um dia talvez, eu mereça.

Bjs.

Francisco

Senhor Geninho disse...

A nossa alma é inviolável e é aí que se encontra a verdadeira liberdade! Beijo, bom fim de semana!