Lígia Guerra

Lígia Guerra
Por que carrego doçura na alma e asas nos pés?
Porque sinto a vida além do óbvio.
Porque enxergo sol em dias de chuva.
Porque amo até mesmo o desamor.
Porque acolho cada gesto com os braços do coração.
Porque perfumo o caminho das estrelas.
Porque componho alegria na poesia da tristeza.
Porque desejo colorir a vida com olhos de fé!

- Lígia Guerra -

quarta-feira, 29 de junho de 2011

Amor...

Aqui só existe o bem. 
Se você me deseja o mal, eu te desejo amor.

- Caio F. Abreu -

2 comentários:

黄清华 Wong Ching Wah disse...

What a beautiful contrasting scene of still and activity !

Francisco Elui disse...

Esse pássaro é a mais real visão.
Quando o amor chega. Ele nos transforma, independente.
Nos solta de tudo e de todos. O que importa se é a plenitude, a nosa saúde.
Livre, igual água na bica, leve, como o despertar, ao lado do seu amor. Amarrotado, amassado, desperfumado, depenado, mas realizado. Início do sonho concretizado. O primeiro minuto.
Do sábio ensinamento, que o amor chega... chega.. a qualquer hora.