Lígia Guerra

Lígia Guerra
Por que carrego doçura na alma e asas nos pés?
Porque sinto a vida além do óbvio.
Porque enxergo sol em dias de chuva.
Porque amo até mesmo o desamor.
Porque acolho cada gesto com os braços do coração.
Porque perfumo o caminho das estrelas.
Porque componho alegria na poesia da tristeza.
Porque desejo colorir a vida com olhos de fé!

- Lígia Guerra -

terça-feira, 31 de maio de 2011

Horizontes...

Eu não tenho paredes... Só tenho horizontes.

- Mário Quintana -

2 comentários:

Fernando Azevedo disse...

adoro Mario Quintana...tem um de que gosto muito, nao sei se vc já postou, é assim:


Todos esses que aí estão
Atravancando meu caminho,
Eles passarão...
Eu passarinho!
Mario Quintana

VOEMOS!

CANTO GERAL DO BRASIL (e outros cantos) disse...

Lígia do sul,
Minas tem um horizonte que é belo, e bela capital, e quando em tuas viagens mundo afora, Brasil adentro, vieres pras bandas de cá, Ouro Preto ou São João Del Rey, Mariana ou a Estrada Real, qualquer Esquina Musical Mineira, acho que seria possível que nos encontrássemos para um dedinho de prosa, moça do livro da capa verde que folheio amiúde...

Abraço e amizade,
Pedro Ramúcio.