Lígia Guerra

Lígia Guerra
Por que carrego doçura na alma e asas nos pés?
Porque sinto a vida além do óbvio.
Porque enxergo sol em dias de chuva.
Porque amo até mesmo o desamor.
Porque acolho cada gesto com os braços do coração.
Porque perfumo o caminho das estrelas.
Porque componho alegria na poesia da tristeza.
Porque desejo colorir a vida com olhos de fé!

- Lígia Guerra -

quarta-feira, 13 de abril de 2011

Ninhos e Vôos...

Sabe quando uma pessoa fica voando o dia inteiro dentro da sua cabeça e faz ninhos em seu coração? Pois é... Assim que eu te sinto todos os dias... Completamente habitada por você.

- Lígia Guerra -

3 comentários:

Sonhos e Devaneios disse...

Ligia, sabe as vezes sentimos exatamente a mesma coisa....as pessoas ficam voando dentro da gente....pena que nao podemos fazer o mesmo com estas pessoas ...

Rita disse...

O que me habita é expectativa.
Hoje li e gostei, quero partilhar: "Liberdade é pouco, o que desejo não tem nome."( Clarice Lispector)

Adorei seu blog.

Emilio J. Pazos Brenlla disse...

Qué sorte tes de ficar así, de sentirte así. Tentarei atopar alguén así. Unha aperta.