Lígia Guerra

Lígia Guerra
Por que carrego doçura na alma e asas nos pés?
Porque sinto a vida além do óbvio.
Porque enxergo sol em dias de chuva.
Porque amo até mesmo o desamor.
Porque acolho cada gesto com os braços do coração.
Porque perfumo o caminho das estrelas.
Porque componho alegria na poesia da tristeza.
Porque desejo colorir a vida com olhos de fé!

- Lígia Guerra -

segunda-feira, 26 de janeiro de 2015

Um novo mundo...


Você passou pela minha vida feito um furacão. Desarticulou tudo…. Minhas certezas, meus pensamentos, meus sentimentos, minha racionalidade insana. Feito um tornado mudou tudo de lugar e foi embora. 

Foi muito difícil! Apenas eu sei as lágrimas que derrubei. Mas não podia passar o resto dos meus dias nesse caos. Felizmente descobri vida sob os escombros. Joguei fora os entulhos. Reconheci fragmentos da minha história. Recolhi tudo aquilo de importante que restou de mim. Algumas lacunas ficaram, mas muitos alicerces também. 

Reconstruí. Construí. Em alguns momentos voltei a me perder, noutros me reencontrei. Fiquei como uma passarinha sem ninho, mas com asas lindas para conquistar um novo mundo do qual você já não faz mais parte. O meu mundo.

- Lígia Guerra -


Nenhum comentário: