Lígia Guerra

Lígia Guerra
Por que carrego doçura na alma e asas nos pés?
Porque sinto a vida além do óbvio.
Porque enxergo sol em dias de chuva.
Porque amo até mesmo o desamor.
Porque acolho cada gesto com os braços do coração.
Porque perfumo o caminho das estrelas.
Porque componho alegria na poesia da tristeza.
Porque desejo colorir a vida com olhos de fé!

- Lígia Guerra -

domingo, 2 de fevereiro de 2014

Quero Ser...


Certas inseguranças grudam em nós 
à espera do milagre do tempo. 
Não quero ser pêndulo que 
oscila inquieto entre ansiedades. 
Quero ser ave que rasga o céu 
num voo audaz de certezas. 
Quero ser o milagre. 

- Lígia Guerra -


Nenhum comentário: