Lígia Guerra

Lígia Guerra
Por que carrego doçura na alma e asas nos pés?
Porque sinto a vida além do óbvio.
Porque enxergo sol em dias de chuva.
Porque amo até mesmo o desamor.
Porque acolho cada gesto com os braços do coração.
Porque perfumo o caminho das estrelas.
Porque componho alegria na poesia da tristeza.
Porque desejo colorir a vida com olhos de fé!

- Lígia Guerra -

domingo, 12 de janeiro de 2014

Teus olhos líquidos...



Desde a primeira vez em que te vi 
Senti a minha alma mergulhar na tua 
Feito o sol que se dilui no mar ao entardecer. 
Desde o primeiro instante soube 
que eram nos teus olhos líquidos 
Que o meu amor iria navegar (e)ternamente. 
Desde que o teu primeiro sorriso beijou os meus lábios 
O meu coração parou de bater e começou a cantar. 

 - Lígia Guerra -



Nenhum comentário: