Lígia Guerra

Lígia Guerra
Por que carrego doçura na alma e asas nos pés?
Porque sinto a vida além do óbvio.
Porque enxergo sol em dias de chuva.
Porque amo até mesmo o desamor.
Porque acolho cada gesto com os braços do coração.
Porque perfumo o caminho das estrelas.
Porque componho alegria na poesia da tristeza.
Porque desejo colorir a vida com olhos de fé!

- Lígia Guerra -

quarta-feira, 18 de setembro de 2013


A sua vida se misturou à minha de tal forma que em todas as músicas que ouço, eu te sinto. Em todos os poemas que escrevo, eu te pertenço.

 - Lígia Guerra -


Um comentário:

Francisco Elui Ferreira Terres disse...

Assim , vives a sonhar, com teus sonhos consegues me libertar.
Atitudes, de que já aprendeu amar.
Você chegou e fez o meu mundo melhor.
Somos diferentes, e da vida isso, é o maior presente.

Feliz! Quarta feira!

Francisco Elui Ferreira Terres