Lígia Guerra

Lígia Guerra
Por que carrego doçura na alma e asas nos pés?
Porque sinto a vida além do óbvio.
Porque enxergo sol em dias de chuva.
Porque amo até mesmo o desamor.
Porque acolho cada gesto com os braços do coração.
Porque perfumo o caminho das estrelas.
Porque componho alegria na poesia da tristeza.
Porque desejo colorir a vida com olhos de fé!

- Lígia Guerra -

terça-feira, 13 de novembro de 2012

Prece dos Amigos...


Que a noite te abrace de mansinho... 
Que as estrelas iluminem o teu caminho. 
Que tu colhas no céu os teus sonhos. 
Que a tua oração noturna abençoe os teus amores. 
Que Deus lhe nine na palma das mãos. 
Que tu despertes com o coração repleto de amor! 

 - Lígia Guerra -


3 comentários:

Bell disse...

que lindooo

Francisco Elui Ferreira Terres disse...

É ele compartilhado, que nos traz lado a lado, neste viver paralelo.
Não importa meus pecado, pois por Deus fui perdoado, onde restou o aprendizado, e a vida ficou leve.
E sempre nas madrugadas, fazendo as passeadas.
A Lua sempre indica, o local da visita, para a primeira parada.
E igual a oração, abro o meu coração e me divirto contigo.
Recebo tuas escrita e aproveito a visita para colocar no teu livro.
Quem sabe, um dos meus sonhos ainda se realize, fazendo parte de um livro teu e que isso se concretize.
Projetos nascem de sonhos, na maior simplicidade, onde o orgulho não conta, com controle da vaidade.
Pois acredito que nossas almas gêmeas, noutro mundo já se encontraram e para o nosso encanto, viver junto aqui neste mundo, a séculos elas combinaram.
E sugeriram que um dia na Quinta feira na Globo a Produção colocasse:
O que são vidas passadas? Se bem, que para mim, o presente é a moda, onde vejo em mil cores, com alegria e amores em nossa feliz jornada.

Com carinho!

Francisco Eluí Ferreira Terres.

Debby disse...

Perfeito

Bjs
Debby :)