Lígia Guerra

Lígia Guerra
Por que carrego doçura na alma e asas nos pés?
Porque sinto a vida além do óbvio.
Porque enxergo sol em dias de chuva.
Porque amo até mesmo o desamor.
Porque acolho cada gesto com os braços do coração.
Porque perfumo o caminho das estrelas.
Porque componho alegria na poesia da tristeza.
Porque desejo colorir a vida com olhos de fé!

- Lígia Guerra -

quinta-feira, 20 de setembro de 2012

Fuja da Gaiola...


Fuja da gaiola do ressentimento.
Lembre-se: Perdão gera leveza. 
É muito difícil voar para a felicidade carregando peso extra.
Per(doar): 
A arte de doar amor para a própria vida.
Voe!

- Lígia Guerra -


2 comentários:

Geraldo de Lima disse...

Lígia, às vezes somos tão orgulhosos, mas tão orgulhosos que nos privamos deste dádiva divina que é o perdão. Sentimo-nos, portanto, pesados, travados, encarcerados na própria obstinação. Quão melhor é livrar-se disso tudo e perdoar! Sentir-se leve, livre e em paz com nosso semelhante... Não há dinheiro que pague.

Abraço amigo, cuide-se bem...

Catia Bosso disse...

Que saudade da minha mestra em Oração de escritora!!!! Adoro!

bjssssss meusssss

Catita

*fiquei ausente do mundo por um tempo, mas voltei...