Lígia Guerra

Lígia Guerra
Por que carrego doçura na alma e asas nos pés?
Porque sinto a vida além do óbvio.
Porque enxergo sol em dias de chuva.
Porque amo até mesmo o desamor.
Porque acolho cada gesto com os braços do coração.
Porque perfumo o caminho das estrelas.
Porque componho alegria na poesia da tristeza.
Porque desejo colorir a vida com olhos de fé!

- Lígia Guerra -

domingo, 19 de agosto de 2012

Quases...


Nunca fui uma mulher de quases...
De amores pequenos...
Dos sentimentos supérfluos.
Prefiro me afogar na profundidade das emoções...
A caminhar no raso.

- Lígia Guerra –





Um comentário:

Oz disse...

Hola Lígia, he llegado a tu blog a través del blog de Arte Digital y me ha gustado mucho tu trabajo. Felicitaciones y un gran saludo desde:
http://leyendas-de-oriente.blogspot.com/