Lígia Guerra

Lígia Guerra
Por que carrego doçura na alma e asas nos pés?
Porque sinto a vida além do óbvio.
Porque enxergo sol em dias de chuva.
Porque amo até mesmo o desamor.
Porque acolho cada gesto com os braços do coração.
Porque perfumo o caminho das estrelas.
Porque componho alegria na poesia da tristeza.
Porque desejo colorir a vida com olhos de fé!

- Lígia Guerra -

sexta-feira, 17 de agosto de 2012

Imunes...



Gosto de pessoas que não azedam com o tempo...
Dessas que, apesar das agruras, são imunes aos rancores.

- Lígia Guerra -

Um comentário:

Francisco Elui Ferreira Terres disse...

Boa noite!

Gostar é vital, igual comemorações de natal.
Para a vida está o eterno tempero,
junto está o amor, sem qualquer exagero.
Isso tem o mesmo farol, que dita o rumo a qualquer um.
Viver é assim, seguir sem nunca chegar, ver mesmo sem encontrar.
O bom da vida é vir aqui passear e o que menos importa, se a casa tenha conforto, pois no mar é mais um porto, para o navio atracar.
Feliz final de semana, que com o sol fica bem delicioso.

Francisco Eluí