Lígia Guerra

Lígia Guerra
Por que carrego doçura na alma e asas nos pés?
Porque sinto a vida além do óbvio.
Porque enxergo sol em dias de chuva.
Porque amo até mesmo o desamor.
Porque acolho cada gesto com os braços do coração.
Porque perfumo o caminho das estrelas.
Porque componho alegria na poesia da tristeza.
Porque desejo colorir a vida com olhos de fé!

- Lígia Guerra -

domingo, 12 de junho de 2011

Costurei Estrelas ...

Alinhavei sonhos e
Costurei estrelas do céu
Para vestir as novas roupas
Que aquecerão o meu coração.

- Lígia Guerra -

4 comentários:

Júlio César disse...

Sempre linda e delicada em suas palavras, é disso que o mundo precisa, palavras simples mas que derramam um oceano de inspiração!

e não posso deixar passar despercebido, estás bela e serena na foto!

*_* ótima semana pra você bela Lígia!

Francisco Elui disse...

É a renovação. O desapego, talvez a virtude, mais saudavel.
Desapegado demais, Hoje .
Amanhã se estiver aqui. Finjo que estou milionário. Distribuo ração pros pombinhos, ali tomando sol.
A vizinha leva ração pros gatinhos solitários, ali no terreno baldio.
Depois vou pro Parque caminhar, como um rico, onde o sol com muita inveja, me furta uma luz, pra paquerar aquela nuvem que gosta de Curitiba. Tbn gosto dela. Sempre indicando o caminho do céu.

Um abraço deste aprendiz.
Talvez, isso é ser feliz.

Rui Ventura disse...

Alinhavei sonhos e
Costurei estrelas do céu
Para vestir as novas roupas
Que aquecerão o meu coração.
******
Coração quente e terno
Albergue de belos e alinhavados sonhos,
Agora enfim protegido
Por roupas de sonhos tecido.
(Com licença poética)

UIFPW08 disse...

Lindaaaaa.. Brava Ligia
Morris