Lígia Guerra

Lígia Guerra
Por que carrego doçura na alma e asas nos pés?
Porque sinto a vida além do óbvio.
Porque enxergo sol em dias de chuva.
Porque amo até mesmo o desamor.
Porque acolho cada gesto com os braços do coração.
Porque perfumo o caminho das estrelas.
Porque componho alegria na poesia da tristeza.
Porque desejo colorir a vida com olhos de fé!

- Lígia Guerra -

domingo, 8 de maio de 2011

Telepatia...

Procuro-te em cada esquina.
Pressinto-te próximo.
Sinto, por um breve instante,
O teu olhar roçar a minha nuca.
Percebo a tua fragrância no ar.
Acerco-me da tua presença.
Chamo-te por telepatia.


- Lígia Guerra -

4 comentários:

Catia Bosso disse...

A telepatia voa e vai!
O alvo é sepre um alguem em furia,
A avalanche que se desregula é mais!
Telepatia da elegancia e da maturidade!

bjs

Catita

CANTO GERAL DO BRASIL (e outros cantos) disse...

Eu vou...
Saudade de você, Lígia do sul...

Abraço do leste de Minas,
Pedro Ramúcio.

Francisco Elui disse...

O sentir, ir, vir, chegar no imediato... Serei eu o responsavel pelos seus atos?
rsrrs.

bjs. Mãezona, quero uma carona

MANTHOS disse...

Regards from Greece:)
Manthos