Lígia Guerra

Lígia Guerra
Por que carrego doçura na alma e asas nos pés?
Porque sinto a vida além do óbvio.
Porque enxergo sol em dias de chuva.
Porque amo até mesmo o desamor.
Porque acolho cada gesto com os braços do coração.
Porque perfumo o caminho das estrelas.
Porque componho alegria na poesia da tristeza.
Porque desejo colorir a vida com olhos de fé!

- Lígia Guerra -

quinta-feira, 26 de maio de 2011

Curva...


Um sorriso é a curva mais bonita
no corpo de qualquer pessoa.

3 comentários:

Ari disse...

Olá Ligia, você escreve belos poemas muito bem, que liberou
tal livro?
Você quer uma tradução do meu livro de poesia (ruim) a editora finlandesa?

Andanças de uma geóloga disse...

Olá Lígia! Parabéns pelo blog e pela sua participação no jornal da RPC. As coisas que você escreve, posta e divide são leves, de uma simplicidade incrivel e reconfortantes. Dar uma passadinha no seu blog faz parte daqueles 'cinco minutinhos' dedicados a alma. Beijos!

Francisco Elui disse...

Concordo.
Uma enorme curva pra voce.