Lígia Guerra

Lígia Guerra
Por que carrego doçura na alma e asas nos pés?
Porque sinto a vida além do óbvio.
Porque enxergo sol em dias de chuva.
Porque amo até mesmo o desamor.
Porque acolho cada gesto com os braços do coração.
Porque perfumo o caminho das estrelas.
Porque componho alegria na poesia da tristeza.
Porque desejo colorir a vida com olhos de fé!

- Lígia Guerra -

sábado, 21 de maio de 2011

Arte...


Usamos os espelhos para ver o rosto...


E a arte para ver a alma.

- George Bernard Shaw -

3 comentários:

Sonhadora disse...

Minha querida

Quanta verdade nessas palavras...na poesia escrevemos a alma.

Beijinho com carinho
Sonhadora

Catia Bosso disse...

A arte vê a alma e eu vejo tu, querida, de corpo e alma te leio viu!
bj
(insonia da madrugada de domindo)

Catita

CANTO GERAL DO BRASIL (e outros cantos) disse...

Espelho, espelho meu...
Gosto tanto do seu gosto, moça incrível do Sul noves dentro a Argentina...

Abraço espelhando amizade,
Pedro Ramúcio.